You are currently viewing Ilha Comprida confirma primeiro caso

Ilha Comprida confirma primeiro caso

O PRIMEIRO CASO CONFIRMADO DE CORONAVÍRUS EM ILHA COMPRIDA

O médico Saulo Alves Mendes afirmou que o jovem de 14 anos, primeiro teste positivo para o Coronavírus na Ilha Comprida, na terça 30/03, está bem e em isolamento domiciliar junto com sua família.

Segundo o médico, a mãe do rapaz foi levar o marido a um hospital, na capital, no dia 15/03, para um procedimento cirúrgico, o deixou internado e retornou para a Ilha no dia 17/03, quando teve contato com o filho.

Dias depois, mãe e filho passaram a sentir os sintomas. O pai retornou da internação no dia 25/03.

Testes do pai e da mãe também foram feitos e o Departamento de Saúde aguarda os resultados.

De acordo com o médico Saulo Alves, é provável que a mãe tenha adquirido o vírus no hospital da capital e transmitido ao filho.

Ilha Comprida instala postos avançados e realiza testes

Monitorados pela Saúde e em isolamento, a família está bem e sem sintomas. O médico destaca que o momento é da população redobrar os cuidados preventivos, não sair de casa e adotar todos os cuidados com a higiene pessoal para prevenir a disseminação do vírus no município.

Posto avançado Covid-19 e testes

Em caso de sintomas, a orientação para a população é dirigir-se ao Posto Avançado Covid 19, no Espaço Cultural Plínio Marcos, instalado especialmente para receber casos suspeitos de Corona vírus e proteger as demais unidades de saúde de contágio da doença.

Para ter uma avaliação precisa da situação e evolução do Corona vírus no município, a Prefeitura contratou laboratório credenciado para a realização de testes em todos os suspeitos. Atualmente, a Ilha Contabiliza 24 casos suspeitos, seis descartados e um confirmado.

Cidade vazia

Em estado de calamidade e fechada para o turismo, ilha comprida faz a sua parte. Está em casa. Imagens do Boqueirão, da Av. Beira Mar, da orla e praça vazios ilustram a preocupação da população com a prevenção ao Corona vírus.

covid-19-1024x179

Com exceções de saídas para serviços básicos, a população está em casa fazendo a sua parte. O momento é de isolamento social.

As ruas, praças e avenidas vazias são sinais de respeito, amor ao próximo e imprescindíveis para a cidade conter a disseminação do vírus. Até a terça 30/03, a Ilha contabilizava um caso positivo, 6 descartados e 22 suspeitos de Corona vírus.

Fonte: Município de Ilha Comprida – Assessoria de imprensa