You are currently viewing Ilha Comprida e Sebrae realizam trilhas de capacitação

Ilha Comprida e Sebrae realizam trilhas de capacitação

Administração e Sebrae-SP realizam quarta 28-08 formaturas dos participantes das trilhas de capacitação

O prefeito Geraldino Júnior e os profissionais do Sebrae-SP convidam a população para a formatura dos 150 profissionais que participaram- desde o início do ano – das trilhas de capacitação nas áreas de Meios de Hospedagem, Alimentação, Turismo, Artesanato e Empreendedorismo Social.

A formatura será quarta 28/08, às 18h30, no Espaço Cultural Plínio Marcos.

O programa integra o projeto Cidade Empreendedora que inclui outras ações na Ilha Comprida como a inclusão da disciplina de empreendedorismo nas escolas, o trabalho com lideranças locais, a realização de oficinas de acesso ao crédito, a implantação do Programa Jovens Empreendedores – Primeiros Passos (JEPP) e a promoção de encontros de negócios para construir indicadores de desenvolvimento.

Segundo o prefeito Geraldino Júnior, o objetivo é ” solidificar a cultura empreendedora na cidade, conectar os serviços turísticos, profissionalizar o setor e fortalecer a economia local”. “Nosso desafio é nos capacitarmos para promover ações e atrair turistas em todas as estações do ano”, afirmou o prefeito.

“CONHECIMENTO É ESSENCIAL”, DIZEM PARTICIPANTES

Para os participantes, as trilhas estão mostradas novos horizontes: “ Eles realmente estão aqui para abrir a cabeça da gente para fazer diferente.

Quero também fazer de tudo para que meu negócio seja mais um ponto turístico do município”, afirmou Nidson Ferraz, do segmento meios de alimentação.

“Essas trilhas são de extrema importância porque aproximando empresários e mostrando a importância das parcerias entre os diferentes segmentos”, observou Fagner , do Turismo Pura Adrenalina. Patrícia, que representou os meios de alimentação, destacou um novo olhar:

“Ninguém aqui é concorrente. Somos parceiros. Assim, a gente fortalece o setor”. “Com o conhecimento, a gente descobre porque estava trabalhando muito com pouco lucro.

Não sabia onde estava errando e agora sei. Eu não teria condições de fazer esse curso. Quero agradecer acima de tudo ao Sebrae e à Prefeitura pela oportunidade. O Turismo precisa de informação para crescer”, opinou Tito, do segmento alimentação.

Fonte: Município de Ilha Comprida – Assessoria de imprensa