You are currently viewing Ilha conta com oito Ecopontos para o descarte de óleo de cozinha

Ilha conta com oito Ecopontos para o descarte de óleo de cozinha

A Divisão do Meio Ambiente da Ilha Comprida e a empresa Bio Vale Coletas firmaram parceria para a instalação de novos ecopontos para descarte de óleo de cozinha usado no município.

Os ecopontos estão instalados nos prédios públicos: Prefeitura da Ilha, Administração Prefeitura no Boqueirão Sul, Bazar do Artesanato do Fundo Social de Solidariedade (Pedrinhas), na Ecovila Juruvaúva, no Centro de Atenção ao Turista (CAT) e nos parceiros Bar Adauto´s, na Imobiliária Sim Imóveis e na Adega Casa da Sogra.

A orientação é para que as pessoas acondicionem o óleo usado em garrafa pet e leve-o aos Ecopontos. Empresas interessadas em também contar com um Ecoponto, podem entrar em contato com a Divisão de Meio Ambiente da Ilha pelo telefone (13) 38427091, com Daniela.

Novos descartes de óleo de cozinha na Ilha

Segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), o consumo de óleos vegetais no Brasil se situa em torno de três bilhões de litros ao ano, e a estimativa é que, de cada quatro litros consumidos, um seja descartado de forma incorreta, o que representa mais de 700 milhões de litros ao ano lançados no meio ambiente sem o devido cuidado e controle.

Apesar de o óleo ter a consistência líquida, uma vez que ele se mistura com a água, se solidifica e faz com que a tubulação fique obstruída, levando ao mau funcionamento das estações de tratamento.

ecopontos-ilha-comprida-unidade

Isso significa que boa parte desse resíduo chega aos mananciais e fica na superfície dos rios e lagos, impedindo a entrada de luz e oxigênio, causando a morte de várias espécies aquáticas.

Algumas pessoas realizam o descarte do óleo colocando-o dentro de sacos de lixo. Isso também não é correto porque, à medida que entra em contato com o solo, o óleo impermeabiliza o terreno, impedindo que a água se infiltre.

Isso piora em situações de enchentes, além de que o resíduo carregado pela chuva se acumula às margens dos rios.

O que é Abiove?

Fundada em 1981, a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE) representa 15 empresas produtoras de farelo, óleos vegetais e biodiesel, coopera na execução das políticas do setor, promove programas de sustentabilidade e gera estatísticas utilizadas em estudos setoriais.

abiove-ilha-comprida
Novos descartes de óleo de cozinha na Ilha

Entre as principais commodities de sua área de atuação estão soja, girassol, mamona e milho, culturas das quais se extraem óleos e gorduras utilizados no setor de alimentos e que são base para uma infinidade de produtos.

A soja é a oleaginosa mais produzida no Brasil e a mais importante cultura agrícola do país em valor de produção, abastecendo o mercado interno com grãos, óleo comestível e biodiesel, e também com o farelo utilizado na produção de suínos e aves. Além disso, contribui decisivamente para a balança comercial via exportação, respondendo por 50% do grão comercializado no mundo. Fonte: https://abiove.org.br/

Fonte: Município de Ilha Comprida – Assessoria de imprensa