You are currently viewing Ilha prorroga exposição Mar Profundo

Ilha prorroga exposição Mar Profundo

Divisão de cultura da Ilha Comprida anuncia prorrogação da exposição de arte Mar Profundo

Em razão da expressiva visitação, a Divisão de Cultura da Ilha anuncia a prorrogação da exposição “Mar Profundo” até o dia 28 de junho, no Espaço Cultural Plínio Marcos.

Com entrada franca, a exposição é aberta ao público e mantém também programa de visitas agendadas para as escolas e projetos da região.

Portanto a exposição de arte contemporânea “Mar Profundo” apresenta trabalhos inéditos voltados para as relações dos seres humanos com os mistérios do mar. Acima de tudo aborda questões e aspectos do transitório, do efêmero e do sagrado.

exposicao-mar-profundo-ilha

Os Artistas Del Carlos; Di Monique Novaes; Felipe Vernizzi; Fernando Caixeta; Henrique Pellerin; Silvia Ruiz; e Xandy Novaski utilizam-se de diferentes linguagens como instalações, peças tridimensionais, vídeo-arte, gravuras, fotografias, desenhos e objetos que trazem olhares íntimos e poéticos sobre suas experiências e reflexões sobre o Mar, a Vida e a Natureza.

E primeiro lugar objetivo da exposição é despertar sentimentos diversos no público, provocar um olhar crítico e sensível, como também, contribuir para o fortalecimento da identidade cultural da cidade de Ilha Comprida e depois disso promover o crescimento intelectual dos moradores de forma a ampliar seu repertório cultural, visual e imaginário.

Serviço – Exposição “Mar Profundo”

exposicao-mar-profundo

Curadoria: Fernando Caixeta e Henrique Pellerin

Visitação: Até o dia 28 de junho de 2019

Segunda a sexta, 9h – 12h e 13h – 17h

Visitas monitoradas para grupos: Segunda a quinta – Agendar previamente pelo telefone (13) 3842-2124

Espaço Cultural Plínio Marcos – Av. São Paulo nº 1000, Balneário Adriana.

O objetivo da exposição é despertar sentimentos diversos no público e provocar um olhar crítico e sensível, como também, contribuir para o fortalecimento da identidade cultural da cidade de Ilha Comprida, e promover o crescimento intelectual dos moradores de forma a ampliar seu repertório cultural, visual e imaginário. A exposição tem curadoria de Fernando Caixeta e Henrique Pellerin.

Fonte: Município de Ilha Comprida – Assessoria de imprensa